Como solucionar a dificuldade de acesso às cidades do interior?

A dificuldade de acesso às cidades do interior ficou ainda mais evidente quando o Governo Federal iniciou a distribuição de vacinas da Covid-19, quando a falta de planejamento logístico atrasou as operações de última milha, ou seja, distribuição para os locais mais afastados.

Outro exemplo recentemente enfrentado pelo país foi a distribuição de oxigênio para o Amazonas, quando se achava que a principal dificuldade fosse apenas a falta de cilindros de oxigênio, mas posteriormente descobriu-se que a logística estava dificultando as entregas em tempo hábil.

Como podemos ver, a dificuldade de distribuição não é um problema enfrentado exclusivamente por empresas privadas. Neste artigo falaremos um pouco sobre como isto acontece e a melhor alternativa para otimizar a performance de distribuição. Continue lendo!

Leia também: Entenda o fenômeno da uberização na logística!

Onde está o problema?

O Brasil dispõe de uma das melhores malhas rodoviárias do mundo quando se fala em conexão de cidades e municípios, entretanto enfrenta um grande problema em relação a qualidade das estradas. Um levantamento da Confederação Nacional do Transporte (CNT), estimou que aproximadamente 30% das rodovias federais sequer têm contrato de manutenção, o que justifica a defasagem das estradas brasileiras de quase 40 anos comparado a países como Estados Unidos, Japão e Portugal.

Entretanto, a má condição das estradas é apenas um dos empecilhos para o acesso a pequenos municípios. Embora grande parte dos produtos sejam transportados entre centros urbanos pelo aéreo, o que contempla o Middle Mile, ainda é necessário o rodoviário para a operação do Last Mile, quando a mercadoria é entregue ao cliente final.

Logo, o Last Mile é o principal problema, pois a falta de manutenção das rodovias federais se estende as rodovias estaduais e municipais, que dão acesso ao interior. Dessa forma, muitas transportadoras não realizam essas operações ou repassam o alto custo aos clientes, que muitas vezes deixam de atender essas regiões ou geram uma experiência ruim aos usuários.

A solução!

Primeiramente, precisamos falar sobre a interiorização da logística, que está ligada a preocupação em atender todas as pessoas nas mais diversas regiões do país. Atualmente ela é responsável por facilitar o recebimento de encomendas e impulsionar as vendas, facilitando o envio.

A Enviabybus ficou conhecida por ter sua operação majoritariamente realizada por ônibus, mais precisamente utilizando os bagageiros. Esta foi uma forma pensada para resolver o problema da falta de acesso, tendo em vista que o transporte rodoviário de passageiros acontece diariamente, de forma pontual e até mesmo nas cidades mais afastadas do interior.

Além de reduzir os esforços e gastos das transportadoras para chegar a essas localidades, a Enviabybus também trabalha com a expectativa do destinatário, pois os produtos chegarão com data e hora marcados, em alguns casos em até 24 horas.

Mesmo sendo o transporte rodoviário alvo de críticas pela sua performance, apenas ele é capaz de conectar as malhas e resolver a dificuldade de acesso. Além de ser um modal legal e fiscalizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o que garante ainda mais segurança durante o trajeto.

O poder dos ônibus é muito grande quando falamos em facilitar o acesso as cidades do interior. E os benefícios são para todas as partes da operação. Veja:

  • Consumidores: Amplia o acesso ao mercado, atraindo para que ele realize suas compras com mais frequência em e-commerces ou empresas de outras localidades pela variedade e preço, descartando o problema do custo de frete elevado.
  • E-Commerces e outros comércios: Ao possuir uma nova alternativa de frete, essas empresas conseguem atrair mais clientes das regiões afastadas, mantendo o atendimento de qualidade e garantindo a satisfação.
  • Transportadoras: A empresa flexibiliza seu processo, utilizando de terceirização para rotas mais distantes, e aumentando o número de operações realizadas diariamente, tudo sem perder a qualidade e sem um grande repasse de valor aos clientes.

Quer melhorar a sua performance logística? Conheça mais sobre a Enviabybus e sua operação visitando nosso site. Clique aqui!

Share

One Ping

  1. Pingback: 4 dicas para reduzir os custos do frete em sua empresa | Enviabybus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *